Foi concedida nesta segunda-feira (3.12), pelo juiz substituto da 9.° Vara Federal Cível, liminar para que o Conselho Regional de Química (CRQ) se abstenha de cobrar as multas dos técnicos em sistemas de saneamento da Caesb lotados no Laboratório Central e nas estações de tratamento de água e esgoto. Assim como no caso dos operadores, a ação foi movida pelo jurídico do Sindágua.

O CRQ fica também proibido de realizar inscrição dos nomes daqueles trabalhadores em cadastro de dívida ativa, bem como efetuar cobranças judiciais até a resolução final do processo.

Segundo o documento, a decisão abrange todos os técnicos filiados ao Sindágua-DF.

Leia mais:

CRQ não pode multar operadores filiados ao Sindágua