post-title Moção de apoio aos trabalhadores e trabalhadoras da CEB http://sindaguadf.org.br/wp-content/uploads/privatizacao1.png 2020-10-01 16:54:25 yes no Posted by Categories: Uncategorized

Moção de apoio aos trabalhadores e trabalhadoras da CEB

Posted by Categories: Uncategorized
Moção de apoio aos trabalhadores e trabalhadoras da CEB

É com muita indignação, mas sem nenhuma surpresa, que o Sindágua-DF vem à público, repudiar veementemente a vergonhosa tentativa de privatização da Companhia Energética de Brasília (CEB), uma das melhores companhias de Energia do Brasil.

Alinhado a mesma política entreguista do Planalto, o governador do Distrito Federal tenta entregar à preço de banana, por R$ 1,4 bi, uma empresa pública que registrou, só em 2019 um faturamento anual de R$ 4,4 bilhões. Qual a justificativa de se vender uma empresa de reconhecida qualidade nacional e por menos de um terço de seu faturamento?

O Sindágua-DF lembra ainda que, enquanto candidato, o governador assumiu compromisso de campanha de não privatizar nenhuma empresa pública do DF, inclusive assinando carta compromisso aos empregados da CEB, garantindo que “a CEB DISTRIBUIÇÃO S/A não será privatizada”.

Entretanto, em contrassenso à promessa de campanha, a entrega da CEB à iniciativa privada ignora, inclusive, o fato de que em 2020 a CEB recebeu o prêmio ANEEL de qualidade, por ser considerada a melhor Companhia Energética da Região Centro-Oeste, segundo a avaliação de seus consumidores.

Destacamos o que aconteceu com nosso estado vizinho, o estado de Goiás (região centro-oeste), que sofre rotineiramente com as amargas consequências da privatização de sua empresa estatal de energia, comprada pela italiana Enel, com uma significante piora nos serviços prestados à população, encarecimento significativo das tarifas cobradas à população do Goiás (casos superiores a 400%) e piora nas condições de trabalho de seu corpo funcional.

Mesmo com o baixo controle e fiscalização da empresa privatizada, só em 2019 foram aplicados mais de 75 milhões em multas por inadequações na prestação do serviço à população. Um dos dificultadores do controle da empresa é o fato de que a Enel tem mais de 80% de seus serviços terceirizados e que as empresas privadas não tem a obrigação com a transparência que viabiliza a fiscalização da população das empresas públicas.

Alertamos que os mais prejudicados com as políticas privatistas são os cidadãos de baixa renda, pois, uma vez privatizado, o serviço público deixa de ser um bem social e passa a ser um simples objeto de lucro do empresário; o que culmina no aumento de tarifas, queda nos investimentos, priorização as regiões mais lucrativas e abandono das mais vulneráveis.

Essa é a realidade em que a população e os trabalhadores do setor elétrico do Distrito Federal serão obrigados a se enquadrar com a privatização da CEB. Toda e qualquer privatização, seja ela da energia, saneamento, saúde, transporte, educação, etc; serve apenas para encher os bolsos de quem não tem nenhum compromisso com o bem público, mas sim com o próprio lucro.

Observemos também o exemplo do transporte coletivo do DF que foi entregue aos empresários, sob a alegação do transporte público dar prejuízo ao governo, sendo que nos últimos 5 anos o GDF repassou mais de R$ 2,5 bilhões às empresas privadas de ônibus. Quem utiliza o transporte coletivo no DF sente na pele a piora do serviço e o aumento imoral nos preços das passagens. E é com a justificativa de endividamento da CEB que o atual governo quer presentear empresários estrangeiros com o nosso direito à energia elétrica de qualidade e com preço justo.

Nem o trabalhador da CEB e nem a população devem arcar com acordos escusos ao bem da população do DF. O Sindágua-DF conclama todos e todas a lutarem contra essa infame e cruel tentativa de entrega da Companhia Energética de Brasília aos abutres do setor privado!

UNIDOS SOMOS MAIS FORTES!

DIRETORIA COLEGIADA SINDÁGUA-DF

Moção-de-Apoio-aos-trabalhadores-da-CEB.pdf

Sindágua-DF lança moção de apoio aos trabalhadores da CEB, veja também no link abaixo:

https://www.urbanitariosdf.org.br/?p=21531

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…