Solicitada oficialmente no dia 16 de janeiro ao presidente Fernando Leite, a reunião com a nova gestão da Empresa ainda não foi agendada (VIDE OFÍCIO ABAIXO). O Sindicato quer discutir com a Caesb a  seguinte pauta, de relevante e urgente interesse para a categoria:

. Corte salarial da greve de 2016;

. Plano de Cargos e Salários (PCCS);

. Programa de Participação nos Resultados (PPR);

. Concurso público de 2012; e

. Processos judiciais.

O Sindágua-DF aguarda uma resposta ao ofício enviado no último dia 16, pois quer iniciar o quanto antes o diálogo com a nova diretoria da Empresa acerca das diversas demandas dos trabalhadores.